Literatura

Resenha | Minha Especialidade é Matar – Henry Bugalho

Compartilhar

Minha Especialidade é Matar compila textos do filósofo e escritor Henry Bugalho, mais conhecido por conta de seus vídeos no Youtube veiculados em seu canal homônimo. O livro compila publicações desde 2017 que miram a figura do presidente Jair Messias Bolsonaro, bem como sobre seu histórico enquanto deputado federal.

Lançado em junho de 2020, a obra reúne textos feitos tanto para o jornal Folha de São Paulo, como para a revista Carta Capital. As narrativas miram aprofundar as reflexões a respeito do bolsonarismo, embora não foque suas origens e sim suas ramificações, escrutinando as falas misóginas, racistas e homofobias do político, em especial, a frase pesada que também nomeia o livro.

Boa parte da esquerda não gosta da figura do autor. E a análise desses textos não mirará uma desconstrução sobre suas crenças necessariamente. Fato é que, tanto em seus vídeos quanto nesses textos, há um estilo bem popular e direto na fala, tanto em matéria de linguagem quanto em conteúdo. A forma como ele se expressa é fácil de compreender, mesmo para o leitor ou espectador que não tenha muita base teórica marxista ou progressista. Para uma introdução a um pensamento anti-reacionário, o livro serve bem ao propósito, especialmente por se tratar de um discurso não-academicista. A profissão de Bugalho, também romancista e contista, coloca-o em uma confortável posição, capaz de articular seus conhecimentos e posições com clareza, ainda que converse com um nicho de leitores.

A maior riqueza deste Minha Especialidade é Matar certamente é a desconstrução de figura mítica de Bolsonaro, principalmente ao posicioná-lo como uma antítese a todo e qualquer valor do cristianismo tolerante ou não. A hipocrisia e a falsa aversão do sujeito e seus apoiadores é muito bem desenvolvida, desconstruída ao ponto de ser fácil interpretá-lo como a face de um possível Anti Cristo, pois os mandamentos cristãos de amar ao próximo como a si mesmo não são seguidos de maneira alguma.

Em outro livro do autor, em parceria com Heloísa de Carvalho, o autor fala de Olavo de Carvalho. Em Meu Pai, o Guru se aprofunda nas origens do pensamento e tática ideológica do atual presidente. Uma narrativa que serve como leitura completar a essa, ainda mais que ambos estão disponíveis em plataformas de leitura digital. Em ambas é perceptível a reflexão sobre o método super agressivo em fala e postura que o político e dito filósofo utilizam como forma de comunicação.

Compre: Minha Especialidade é Matar.

Filipe Pereira

Filipe Augusto Pereira é Jornalista, Escritor, quer salvar o mundo, desde que não demore muito e é apaixonado por Cinema, Literatura, Mulheres Rock and Roll e Psicanalise, não necessariamente nessa ordem.
Veja mais posts do Filipe
Compartilhar